Depósitos de minério de ferro e de titânio descobertos em Tete, Moçambique

5 August 2012

Depósitos de minério de ferro e de titânio com reservas estimadas em 5 milhões de toneladas foram descobertos e inventariados no decurso das actividades de prospecção efectuadas pelo Ministério do Recursos Minerais na província de Tete, anunciou a ministra dos Recursos Minerais.

Ao discursar na abertura do XXVII Conselho Coordenador a decorrer de 3 a 6 de Agosto na vila de Cateme, distrito de Moatize, em Tete, a ministra Esperança Bias adiantou estar pretes a ser concluído o estudo de pré-viabilidade para a construção de fábrica de fundição de ferro na zona de Tenge, a cerca de 50 quilómetros da cidade de Tete.

“Em 2016 prevê-se, então, o lançamento da indústria pesada de produção de ferro e aço em Moçambique, com um investimento de 690 milhões de dólares”, disse Esperança Bias, citada pelo diário Notícias, de Maputo.

A ministra dos Recursos Minerais assegurou que até finais deste ano ficarão concluídos os estudos de viabilidade técnico-económica para a exploração dos fosfatos de Evate no distrito do Monapo, na província de Nampula, e da sua utilização num complexo químico para a produção de adubos, que poderá vir a ser construído em Nacala, através de um investimento de cerca de 3 mil milhões de dólares.

Esperança Bias revelou que desde 2007 foram atribuídas quatro concessões mineiras para a extracção de carvão na província de Tete, tendo as empresas a operar em Moatize iniciado a produção e exportação de carvão no segundo semestre de 2011 e até ao final do primeiro trimestre deste ano, 2012, o valor da produção superou 2 milhões de toneladas.

“Este valor é mais do que o triplo da produção anual desde sempre alcançada em Moçambique, no tempo das extintas Companhia Carbonífera de Moçambique e da estatal Empresa Nacional de Carvão de Moçambique (Carbomoc)”, referiu a ministra dos Recursos Minerais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH