Porto de Maputo, em Moçambique, vai beneficiar de operação de dragagem

5 August 2012

Centenas de milhares de metros cúbicos de sedimentos serão retirados em breve dos canais de acesso e demais áreas operacionais do porto de Maputo, ao abrigo de uma operação de dragagem de emergência, informou o matutino Notícias, de Maputo.

A ser efectuada pela Empresa Moçambicana de Dragagem (Emodraga) e pela firma dinamarquesa Rohde Nielsen, o objectivo desta operação é restaurar a profundidade de 11 metros alcançada no decurso de uma anterior operação de dragagem, numa altura em que a profundidade no porto não ia além de 9,4 metros.

Esse programa de dragagem decorreu de Setembro de 2010 a Janeiro de 2011, de que resultou a retirada de 2 milhões de metros cúbicos de sedimentos, incluindo rochas, tendo o impacto no tráfego de navios sido imediato com o número de embarcações recebidas pelo porto em 2011 a superar o número recorde de mais de mil navios em 2010.

A projectada dragagem de manutenção, a iniciar-se ainda este mês e devendo demorar quatro a seis semanas, de acordo com informações divulgadas pela autoridade portuária, será assegurada por uma embarcação da Rohde Nielsen, uma draga de sucção que deverá chegar a Maputo nos próximos dias.

Resultado dos investimentos que têm vindo a ser efectuados, a carga processada no porto de Maputo poderá atingir 14 milhões de toneladas até finais deste ano, de acordo com previsões avançadas pelo Maputo Port Development Company (MPDC), entidade gestora do empreendimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH