Governo de Angola lança fundo de capital de risco

8 August 2012

O Fundo Activo de Capital de Risco Angolano (FACRA), afecto ao Programa de Desenvolvimento das Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME), foi quarta-feira lançado em Luanda pelo Ministério da Economia de Angola, de acordo com a agência noticiosa angolana Angop.

A gestão do FACRA foi entregue à Sociedade Kwanza – Gestão de Projectos Empresariais tendo, na ocasião, o ministro da Economia, Abraão Gourgel, afirmado que um dos objectivos da sua constituição é o de garantir fundos de financiamento a longo prazo para o arranque e expansão das micro, pequenas e médias empresas angolanas.

Criado ao abrigo de um decreto com data de 7 de Junho, o fundo pretende também estimular projectos empresariais com elevado potencial de crescimento nas suas fases iniciais.

Até 2022, o impacto do FACRA deverá traduzir-se num crescimento de mais de 10 mil milhões de dólares no Produto Interno Bruto (PIB) e na criação de mais de 500 mil novos empregos, diversificando a economia para além do petróleo e aumentando a competitividade global de Angola.

Por seu turno, o presidente da Sociedade Kwanza – Gestão de Participações Empresariais, Alberto Mendes, garantiu que o Fundo Activo de Capital de Risco Angolano terá uma gestão “transparente, responsável e profissional.” (macauhub)

MACAUHUB FRENCH