Organização Grupo de Líderes Empresariais (LIDE) lançada em Moçambique

9 August 2012

O ministro moçambicano da Indústria e Comércio, Armando Inroga, disse quarta-feira em Maputo, na sessão de lançamento do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), esperar que a organização consiga melhorar o ambiente de negócios e assegurar os investimentos em Moçambique.

“Através das boas práticas que tem desenvolvido em outros países, espero que a LIDE consiga assegurar uma maior transparência nos negócios que permita que os empresários nacionais possam competir em condições de igualdade com os seus congéneres internacionais”, disse ainda o ministro.

Moçambique é o segundo país africano, depois de Angola, a receber o grupo LIDE, organização que tem como missão promover a integração entre empresas, organizações e entidades privadas, através de programas de debates, fóruns de negócios e iniciativas de apoio à responsabilidade social.

“O nosso objectivo é juntar empresas e empresários, homens e mulheres de negócios para incentivar e promover as relações empresariais nacionais e internacionais”, disse o presidente do LIDE Internacional, Luiz Furlan, ex-ministro do Comércio Exterior do Brasil, que acrescentou que o LIDE Moçambique surge como herdeiro do LIDE Brasil, motivado pelo crescimento económico e pelas boas relações de amizade e cooperação entre os dois países.

Luiz Furlan referiu que para este ano o grupo programou a abertura do LIDE EUA, em Miami, México, Uruguai, Espanha, Alemanha, Coreia do Sul, Japão e África do Sul, este último a partir do LIDE Angola e Moçambique.

A presidência da comissão de gestão do LIDE Moçambique foi entregue a Mário Machungo, presidente executivo do Banco Internacional de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH