Brasileira Petrobras contratou nove navios-sonda por 15 anos

12 August 2012

A Petrobras, a maior empresa petrolífera do Brasil, informou ter assinado contratos com os grupos brasileiros Odebrecht e Etesco que irão operar nove navios-sonda de perfuração.

Dos seis navios-sonda que estão a ser construídos no Estaleiro Enseada Paraguaçu, em Maragogipe, no estado brasileiro de Bahia, quatro serão operados pela Odebrecht e dois pela Etesco.

Este último grupo operará ainda outros três navios-sonda que serão construídos no Estaleiro Rio Grande, no Rio Grande do Sul.

Os navios estão a ser construídos no Brasil, com incorporação local de conteúdo entre 55% e 65% e, após a construção, serão afretados à Petrobras por um período de 15 anos.

No comunicado, a estatal informou que as nove unidades serão entregues em 2016 e serão destinadas, principalmente, à perfuração de poços no pré-sal da bacia de Santos, incluídas na área de cessão onerosa do pré-sal.

As sondas têm capacidade para operar em águas com profundidade em até 3 mil metros e podem perfurar poços de até 10 mil metros de comprimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH