Empresária angolana Isabel dos Santos aumentou participação no português Banco BPI

12 August 2012

A empresária angolana Isabel dos Santos despendeu 39,1 milhões de euros para subscrever 78 milhões de acções do aumento de capital do português Banco BPI tendo passado a controlar 19,47% da instituição, de acordo um comunicado do banco.

Isabel dos Santos, que foi ao aumento de capital através da sociedade Santoro Finance – Prestação de Serviços, integralmente detida pela sociedade gestora de participações sociais Santoro Financial Holdings, SGPS, terá de pedir autorização ao Banco de Portugal caso pretenda aumentar a sua participação no Banco BPI para mais de 20%.

O aumento de capital de 200 milhões de euros foi subscrito pelos dois outros grandes accionistas, o banco La Caixa da Catalunha, que aumentou a sua participação no Banco BPI para 46,22% com compras no valor de 125,5 milhões de euros e a seguradora Allianz que despendeu 17,75 milhões de euros e aumentou a sua participação para 8,83%.

Muitos pequenos investidores não terão participado no aumento de capital do BPI, já que durante o período de subscrição as acções do banco estiveram a negociar em bolsa abaixo dos 50 cêntimos, ou seja, o valor de subscrição das acções no aumento de capital.

Mas no dia 7 de Agosto passado, o BPI revelou que os investidores tinham subscrito a totalidade do aumento de capital, informando que “foram integralmente subscritos os 400 milhões de acções ordinárias, escriturais e nominativas, sem valor nominal, oferecidos à subscrição dos accionistas do Banco BPI, S.A. ao preço de 0,50 euros por acção.” (macauhub)

MACAUHUB FRENCH