Crescimento previsto para o porto de Maputo, Moçambique, supera as previsões iniciais

13 August 2012

O porto de Maputo deverá ter capacidade para processar até 60 milhões de toneladas de carga por ano quando ficar concluído o plano de desenvolvimento 2012-2030, de acordo com previsões da Companhia de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC, na sigla em inglês).

Dados divulgados recentemente no directório do porto para 2012-2013 e citados pelo matutino Notícias, de Maputo, indicam que as razões para números tão optimistas têm por base o rápido aumento verificado na extracção de recursos minerais, tendência que se deverá manter nos próximos tempos, facto que poderá ter impacto no crescimento do tráfego no porto.

Apesar de se projectarem investimentos estimados em 400 milhões de dólares nos primeiros cinco anos de execução do plano, nomeadamente dando corpo a algumas iniciativas já em curso, assume-se que o mercado vai determinar os passos no futuro, para o que decorrem contactos com clientes em vários quadrantes, ao mesmo tempo que se estudam as economias locais.

No âmbito do plano de desenvolvimento, pelo menos três projectos de investimento na expansão de infra-estruturas básicas deverão ficar concluídos até ao final do ano, incluindo o de ampliação do portão principal de acesso ao porto, através do qual entram pelo menos seiscentos camiões por dia com destino aos vários terminais transportado carga em trânsito de e para os países vizinhos.

Actualmente são escoados através do porto de Maputo ferro, crómio e carvão, do Zimbabué, carvão do Botswana, magnetite, carvão, ferro e crómio, da África do Sul e minério de ferro e açúcar do Reino da Suazilândia, além de contentores da África do Sul e do Zimbabué. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH