Parceria angolano-brasileira vai começar a produzir açúcar em Angola em 2013

14 August 2012

A Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom) vai produzir 220 mil toneladas de açúcar cristal por ano quando em 2015 estiverem plantados os 32 mil hectares de cana-de-açúcar previstos, disse em Cacuso o director administrativo e financeiro da empresa, António Carlos de Carvalho.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, aquele responsável adiantou estarem já plantados 1500 hectares de cana e que até Junho de 2013 serão já 7000 hectares, devendo a produção de açúcar iniciar-se em finais de 2013.

António de Carvalho revelou que a Biocom prevê produzir ainda 150 gigawatts de energia eléctrica para ser fornecida ao sistema nacional e mais vinte milhões de litros de etanol anidro em resultado do processo de aproveitamento do açúcar.

A Companhia de Bionergia de Angola, localizada em Cacuso, província de Malanje, uma parceria entre a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola e os grupos brasileiro Odebrecht e angolano Damer, é o maior projecto agro-industrial associado à produção de energia renovável, de origem não-mineral, efectuado desde sempre em Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH