Moçambique vai ter fábrica de automóveis

19 August 2012

A primeira fábrica de automóveis em Moçambique vai surgir brevemente na Machava, cidade da Matola, estando já a decorrer a fase final da instalação de equipamento para o início da actividade, informou o semanário moçambicano Domingo.

De acordo com o jornal, trata-se de uma iniciativa coordenada a nível central pelos ministérios de Ciência e Tecnologia e Indústria e Comércio, cujos titulares, Venâncio Massingue e Armando Inroga, estão encarregados de dirigir todo o processo de instalação daquela indústria no maior parque industrial do país, no sul de Moçambique.

A futura fábrica dos “Matchedje”, designação dos veículos, que está a ser erguida no parque da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), tem como principal investidor a empresa China Tong Jian Investment, com sede em Xangai, em que a Morgan Foundation da Nova Zelândia é o maior accionista e que centra a sua actividade da promoção das relações China-África.

Ao todo serão investidos 150 milhões de dólares, sendo nesta fase inicial despendidos 15 milhões de dólares para garantir o fabrico de 30 mil carros durante o próximo ano, 5 mil dos quais camiões pesados, 22 mil ligeiros e três mil autocarros.

Arão Nhancale, do Conselho Municipal da Matola, é citado pelo jornal a dizer que os veículos que sairão daquela que será a primeira fábrica de automóveis de Moçambique vão ostentar um nome nacional.

Embora o jornal não o afirme, a designação Matchedje deve estar relacionada com o povoado do mesmo nome onde se realizou o II Congresso da Frente de Libertação de Moçambique, em 1968, e que foi classificado património nacional. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH