Governo de Moçambique lança linha de crédito agro-florestal

23 August 2012

O Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA) vai lançar a Linha de Crédito Agro-Florestal destinada a financiar mudas florestais e de árvores de fruto e ainda sistemas agro-florestais para os pequenos e médios produtores, disse uma responsável do Ministério da Agricultura de Moçambique.

Dânia Falcão, chefe do Departamento de Florestas, disse à agência noticiosa moçambicana AIM que a linha de crédito, em que cada projecto poderá receber entre 300 mil meticais (11 mil dólares) e um milhão de meticais, terá uma taxa de juro de 10% para as operações correntes e 8% ao ano para investimento.

A responsável disse que a linha de crédito aprovada este mês já tem três projectos em carteira, visando o repovoamento de várias áreas onde o abate de árvores para exploração de madeira não está a ser feito de forma sustentável.

Falcão disse estar também em curso, no Ministério da Agricultura, a formação de 250 fiscais florestais em matérias como a própria legislação de terras e florestas, o que irá permitir uma interpretação correcta quer das condições de acesso quer das medidas a tomar em caso de violação das normas e princípios conceituados no acesso ao crédito.

O Fundo de Desenvolvimento Agrário é uma instituição financeira, dotada de personalidade jurídica, com autonomia administrativa e financeira e orientada para o desenvolvimento do sector agrário no país. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH