Processo de venda das acções da têxtil Riopele, de Moçambique, praticamente concluído

27 August 2012

O processo negocial para venda a um investidor privado das acções da falida Fábrica Riopele Têxteis, no distrito de Marracuene, província do Maputo, está concluído, informou segunda-feira em Maputo o presidente do Instituto de Gestão das Participações do Estado (Igepe) de Moçambique.

À margem do XVI Conselho Consultivo do Igepe, Apolinário Panguene referiu que decorrem apenas alguns aspectos burocráticos para o fecho das negociações com um grupo português que pretende dar continuidade à actividade têxtil em Moçambique.

“A Riopele é uma empresa que esteve parada durante muito tempo e ao longo desse tempo houve dívidas que se foram acumulando, pelo que é necessário proceder ao saneamento financeiro da empresa antes de se poder assinar o contrato definitivo de compra e venda”, precisou Panguene.

O presidente do Igepe aproveitou ainda a ocasião para informar que estão igualmente na fase final os processos de venda da participação do Estado em seis empresas – Graphic, Cegraf, Pintex Maputo, Fábrica de Tintas da Beira, Tipografia Clássica Comercial da Beira e Lusalite. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH