Governo de Moçambique deverá vir a proibir importação de aparelhos analógicos de TV e rádio

30 August 2012

O governo de Moçambique deverá vir a proibir a importação de aparelhos analógicos de TV e rádio, face ao compromisso do país de empreender a migração para a tecnologia digital até 2015, anunciou quinta-feira em Maputo o regulador do sector em Moçambique.

Falando no Fórum da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) sobre Migração Digital, o presidente do Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM), Isidoro da Silva, afirmou que a instituição que dirige vai propor ao governo que aprove um decreto a proibir a entrada no país de aparelhos analógicos.

“Não vai ser uma acção unilateral do regulador, uma vez que é preciso coordenar acções com as Finanças e com o Comércio, mas a ideia central é impedir que o país se transforme numa lixeira de equipamentos electrónicos”, sublinhou Isidoro da Silva, que acrescentou que a proposta será apresentada dentro de 15 dias.

O Fórum da SADC sobre Migração Digital reuniu-se em Maputo para analisar os passos que os países da região já deram para a introdução da tecnologia digital e as medidas necessárias para acelerar a operação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH