Aeroporto de Nacala, em Moçambique, começará a funcionar em 2013

3 September 2012

O aeroporto internacional de Nacala vai começar a funcionar em 2013, disse há dias António Loureiro, chefe do gabinete dos projectos especiais da empresa estatal Aeroportos de Moçambique, citado pelo jornal moçambicano O País.

O futuro aeroporto internacional, que resulta da conversão em infra-estrutura civil da base aérea existente no local, custará globalmente 114 milhões de dólares, a serem financiados fundamentalmente por um empréstimo de 80 milhões de dólares concedido pelo estatal brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES).

Este empréstimo está englobado numa linha de crédito de 300 milhões de dólares aberta pelo governo do Brasil para apoiar projectos em Moçambique.

As obras de construção do aeroporto, a cargo do grupo brasileiro Odebrecht, farão com que a infra-estrutura disponha de capacidade inicial para receber 500 mil passageiros por ano, que será posteriormente aumentada para 1 milhão de passageiros.

Em Abril passado, o presidente da Aeroportos de Moçambique, Manuel Veterano, disse que o futuro aeroporto internacional de Nacala poderia receber aviões de longo curso tipo Airbus A340 caso o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) concedesse um financiamento adicional, cujo montante não revelou.

As obras de reconversão da antiga base aérea de Nacala foram adjudicadas à empresa brasileira Odebrecht que, nos termos do contrato de adjudicação, irá construir terminais de passageiros e de carga e torre de controlo e proceder à repavimentação da pista de aterragem, que ficará com 3 400 metros de comprimento e capaz de receber aeronaves dos tipos Boeing 757 e 767. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH