Portuguesa Sumol+Compal inicia em Novembro produção em Moçambique

4 September 2012

A empresa portuguesa Sumol+Compal vai iniciar em Novembro próximo a produção na fábrica em Moçambique, em Boane, arredores de Maputo, disse o director José Paulo Machado ao jornal português Diário Económico.

Aquele responsável adiantou que grande parte dos produtos será fornecida pelo mercado português, nomeadamente algumas dos frutos usados na confecção de sumos e néctares, como por exemplo a pêra-rocha, tido como um dos sabores preferidos dos moçambicanos.

Este investimento de dez milhões de dólares visa abastecer o mercado moçambicano e dos países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral, que tem um potencial de 170 milhões de consumidores.

A fábrica, com uma capacidade de produção instalada até 30 milhões de litros de sumo por ano, resulta da aquisição, no início do ano, de uma unidade de equipamentos industriais em Boane.

“Anunciámos a decisão ao mercado a 24 de Fevereiro, mas já andávamos a estudar o mercado moçambicano há cerca de ano e meio”, revelou José Paulo Machado ao jornal.

Esta fase do projecto deverá ficar concluída durante o último trimestre de 2012, com o arranque de uma terceira linha de produção que será instalada nas próximas semanas, adiantou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH