Moçambique está a reduzir dependência externa

5 September 2012

Moçambique está no bom caminho na prossecução dos objectivos de redução da dependência externa, afirmou o ministro das Finanças, Manuel Chang, na abertura do VI Conselho Coordenador do Ministério das Finanças, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.

Na reunião a decorrer na cidade da Matola, província de Maputo, o ministro justificou o seu optimismo com os resultados obtidos na cobrança de impostos em 2011, que se cifrou em 81 099,8 milhões de meticais (2815 milhões de dólares), representando um crescimento de 27,6% em relação a 2010.

Manuel Chang realçou ainda o facto de o saldo acumulado da dívida pública total, no final do exercício económico de 2011, ter-se cifrado em 141 794,2 milhões de meticais ou 38,2% do Produto Interno Bruto.

Daquele montante, 119 464 milhões de meticais são dívida externa e 22 330,2 milhões de meticais dívida interna.

“Esta evolução está associada aos novos desembolsos para o financiamento de projectos de infra-estruturas nas áreas de Educação, Saúde, agricultura e energia mas a dívida pública continua dentro dos parâmetros de sustentabilidade”, frisou.

O VI Conselho Coordenador tem por objectivo analisar e avaliar as actividades desenvolvidas durante o ano de 2011 e no primeiro semestre de 2012, com enfoque especial para os resultados obtidos na arrecadação de receitas e na afectação racional de recursos para as áreas que concorrem para a melhoria das condições de vida.

Durante o evento, em que participam governantes e quadros superiores do Ministério das Finanças, dirigentes do Banco de Moçambique e do Instituto de Gestão das Participações do Estado, propõe-se igualmente delinear as linhas mestras de intervenção ao longo do último trimestre de 2012. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH