Participação em bloco petrolífero em Moçambique à venda por 3 mil milhões de dólares

5 September 2012

O grupo indiano Videocon Industries está a pedir 3 mil milhões de dólares por uma participação de 10% num campo com grandes reservas de gás natural em Moçambique, informou a agência financeira Bloomberg citando uma fonte ligada ao processo.

De acordo com a fonte, o grupo Videocon, que gere negócios de fabrico de televisores e de telefones móveis, entre outros, está a negociar com diversas empresas e grupos para vender aquela participação.

A agência informou ainda que a eventual venda da participação de 10% no bloco em Moçambique pelo montante pretendido ajudará o grupo controlado pelo milionário Venugopal Dhoot a ajudar pagar as dívidas que ascendem a 3,6 mil milhões de dólares.

A fonte adiantou, por outro lado, estar em cima da mesa o abandono das operações de telefonia móvel e a concentração na electrónica de consumo e hidrocarbonetos.

O bloco em questão é operado pelo grupo norte-americano Anadarko Petroleum, sendo os restantes parceiros a Mitsui & Co do Japão, com 20%, as empresas indianas Bharat Petroleum Corp. e Videocon Industries Ltd. com 10% cada, a irlandesa Cove Energy com 8,5%, entretanto adquirida pelo grupo PTT da Tailândia e a empresa estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos com 15%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH