Ncondezi Coal procura parceiro para central termoeléctrica em Moçambique

13 September 2012

A empresa Ncondezi Coal está à procura de um parceiro para construir uma central termoeléctrica alimentada a carvão em Moçambique a fim de abastecer os mercados interno e regional, disse quinta-feira o presidente executivo Nigel Walls em declarações à agência financeira Reuters.

A central, que ficará localizada na província de Tete, será construída de forma faseada a partir de 2017, devendo estar a produzir 600 megawatts em 2019.

Depois de 2020, a central termoeléctrica será ampliada para 1800 megawatts, projecto que está dependente da construção da linha de transmissão de energia eléctrica Centro-Sul, que ligará a hidroeléctrica de Cahora Bassa a Maputo.

O carvão a ser queimado na central será fornecida por uma mina de carvão nas proximidades, onde a produção está prevista para começar no final de 2015.

A mina deverá produzir numa fase inicial 4 milhões de toneladas de carvão, metade dos quais serão consumidos na central, com os restantes 2 milhões de toneladas a serem exportados.

Nigel Walls adiantou haver muito interesse neste projecto, incluindo por parte de algumas empresas asiáticas e adiantou que uma escolha deverá ser feita e anunciada no primeiro trimestre de 2013.

A central termoeléctrica tem um custo estimado em 504 milhões de dólares para uma capacidade instalada de 300 megawatts e de 2,25 mil milhões de dólares para 1800 megawatts. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH