Empresários do Brasil interessados em adquirir empresas têxteis em Portugal

26 September 2012

Os empresários brasileiros vão aproveitar as oportunidades criadas pela crise na Europa e adquirir empresas do sector têxtil em Portugal, afirmou o presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Fernando Pimentel.

Em declarações ao Jornal de Negócios, o presidente da Abit, que elogiou “a larga experiência” e “os produtos têxteis de qualidade e inovadores” que saem das fábricas portuguesas, disse que Portugal pode ser uma “porta de entrada para o mercado europeu” através da aquisição de empresas ou da constituição de parcerias.

À margem da 28.ª Convenção Mundial de Vestuário, a decorrer na cidade do Porto, o director-geral da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (Atp) confirmou que tem havido “muitas abordagens” por parte de “empresas brasileiras de grande dimensão, que têm escala mundial e que “podem encontrar aqui a plataforma para saltar para o mercado europeu”.

O director-geral da Atp adiantou ver com “bons olhos” esta incursão brasileira na região norte do país – 85% das empresas têxteis estão localizadas num raio de 50 quilómetros à volta da cidade de Famalicão – “desde que tragam o que as empresas portuguesas precisam”.

Por um lado, recursos financeiros e acesso ao financiamento, atendendo a que as empresas brasileiras estão bem capitalizadas e podem facilmente investir milhões de euros para a modernização e expansão de indústrias portuguesas e pelo outro abrir portas ao próprio mercado brasileiro, onde subsistem elevadas taxas para a importação de bens e obstáculos administrativos que travam as mercadorias na fronteira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH