Formação do novo governo motiva adiamento da Feira Internacional de Minas de Angola

27 September 2012

A IV edição da Feira Internacional de Minas de Angola (FIMA), que quinta-feira devia ter aberto as portas, foi adiada “sine die”, devido, entre outros motivos, à tomada de posse dos novos deputados da Assembleia Nacional, eleitos a 31 de Agosto em sufrágio universal, informou a agência noticiosa angolana Angop.

Citando uma fonte do Ministério da Geologia, Minas e Indústria, co-organizador com a Feira Internacional de Luanda, a agência adiantou que o evento poderá acontecer na próxima semana, de 4 a 7 de Outubro, após a formação do novo governo, quando deveria ter-se realizado de 27 a 30 de Setembro corrente.

Cerca de 120 empresas, entre nacionais e estrangeiras, marcarão presença nesta feira, que visa incentivar a promoção de investimentos, com a reactivação e relançamento da produção de diamantes e do ramo mineiro em Angola e ainda lançar e apresentar novos produtos, assim como soluções tecnológicas aplicáveis ao sector.

Neste certame estarão expostos produtos como ouro, granitos, areia, rochas ornamentais, burgau, petróleo e vários outros serviços e entre os expositores estarão empresas de exploração, prospecção e produção, seguradoras e bancos.

Além da anfitriã Angola, a Feira Internacional de Minas vai contar com a participação da Namíbia, Portugal, Argentinas Emirados Árabes Unidos, Holanda e Alemanha. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH