Agricultura em Moçambique obteve 39 milhões de dólares em empréstimos e doações

4 October 2012

Moçambique obteve 39 milhões de dólares em dois empréstimos e duas doações para o financiamento da actividade agrícola nas províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, cuja formalização decorreu quarta-feira em Roma.

O primeiro empréstimo, no montante de 16,30 milhões de dólares foi concedido pelo Fundo Internacional para a Agricultura (FIDA), destinando-se a financiar o Projecto de Desenvolvimento da Cadeia de Valor nos Corredores de Maputo e Limpopo (Prosul) que tem por objectivo apoiar a actividade dos pequenos produtores.

O segundo empréstimo, de igual valor, foi concedido pelo Fundo Espanhol de Co-financiamento de Segurança Alimentar e destina-se ao mesmo projecto, o mesmo acontecendo com as duas doações, uma de 4,91 milhões de dólares e a segunda de 1,62 milhões de dólares.

A ser levado a cabo em 19 distritos de Moçambique, o programa incidirá na reparação e expansão de regadios nas zonas de produção de hortícolas, incluindo a concepção, construção e manutenção das obras de construção civil bem como no fortalecimento das associações utilizadoras da água, incluindo o apoio institucional às empresas de irrigação.

São ainda parte deste projecto o reforço da articulação entre os intervenientes da cadeia de valor da mandioca, incluindo o estabelecimento de centros de prestação de serviços em cada distrito-alvo, instalação de pequenas unidades de processamento, promoção de práticas agrícolas inovadoras e acesso aos mercados.

Desde 1983, o FIDA já financiou 12 programas e projectos em Moçambique com um desembolso combinado de 218,9 milhões de dólares tendo beneficiado mais de 2,1 milhões de agregados familiares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH