Refinaria privada brasileira assina acordo com grupo chinês Sinopec

7 October 2012

A brasileira Refinaria de Petróleos de Manguinhos anunciou sexta-feira ter assinado um acordo com a Sinopec Petroleum do Brasil destinado a avaliar o interesse de constituição de uma parceria para um projecto de armazenamento de combustíveis.

Em comunicado, a empresa, que é a única refinaria do Brasil controlada por um grupo privado, o grupo Andrade Magro, adiantou que o projecto de armazenamento de combustíveis vai exigir um investimento de 1,4 mil milhões de reais (687 milhões de dólares), não tendo sido divulgada qual a participação que caberá à Sinopec Petroleum do Brasil, subsidiária brasileira do grupo chinês Sinopec.

“Este projecto inclui a expansão do terminal de tanques de armazenamento nos terrenos da refinaria, uma nova estação de tratamento de petróleo e a instalação de novas bóias de atracação na baía de Guanabara, ligadas ao novo parque de armazenamento através de oleodutos novos e de maior diâmetro”, informou a empresa.

A Sinopec adquiriu há dois anos uma participação de 40% na subsidiária brasileira do grupo espanhol Repsol, um negócio que custou aos cofres do grupo chinês 7 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH