Brasileira Vale inicia fase de quantificação de reservas de fosfatos em Moçambique

8 October 2012

A prospecção de fosfatos na localidade de Evate, distrito de Monapo, província de Nampula, entrou na fase de quantificação das reservas existentes, disse em Nampula o porta-voz da Direcção Provincial dos Recursos Minerais e Energia (Dipreme).

Em declarações ao matutino Notícias, de Maputo, Fila Lázaro adiantou que se trata de uma fase crucial em qualquer projecto de exploração de recursos minerais, uma vez que a avaliação da quantidade de minério existente constitui um elemento “chave” para o investidor decidir se há ou não condições para passar para a fase de exploração.

Localizada a 130 quilómetros da capital provincial, a mina de Evate foi entregue em regime de concessão à Vale Moçambique, subsidiária do grupo mineiro brasileiro Vale, por um período de 28 anos, que desde 2007 já despendeu mais de 20 milhões de dólares em ensaios laboratoriais, estudos de pré-viabilidade, licenciamento ambiental e consultas públicas.

A eventual entrada em funcionamento da fábrica de processamento de fosfatos, utilizados na produção de ácido fosfórico e adubos, deverá dar emprego a cerca de 800 pessoas e exigirá um investimento estimado em 3 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH