Autoridades do distrito de Moma, em Moçambique, pretendem fomentar produção de arroz

14 October 2012

As autoridades do distrito de Moma, na província de Nampula, pretendem fomentar a cultura do arroz, aproveitando as extensas áreas húmidas sustentadas pelos rios que atravessam aquela região, disse Justino Cândido, director do serviço distrital de actividades económicas.

Em declarações ao diário Notícias, de Maputo, Justino Cândido disse que o fomento da cultura terá por base o sector familiar que estava a abandonar gradualmente a prática da cultura por ausência de mecanismos adequados para garantir a comercialização e processamento local do produto, entretanto solucionados por empresários nacionais que construíram uma fábrica que inclui empacotamento.

A produção actual de arroz situa-se em média em quatro mil toneladas tendo aquele responsável adiantado que aquele montante pode aumentar em duas campanhas agrícolas para dez mil toneladas, atendendo a que os produtores já têm acesso a meios mecanizados para fazer lavoura das terras que exploram para desenvolver aquela cultura alimentar.

Ahamada Jamal, empresário que recentemente investiu cerca de 390 mil meticais na importação da China do equipamento necessário para descascar e empacotar arroz, disse ao jornal ter comercializado já 30 toneladas de arroz que se encontravam armazenadas num edifício cuja reparação pagou.

“Depois de descascado e empacotado todo o arroz será enviado para os armazéns da Kenmare Resources com quem assinei um contrato de fornecimento que permitirá à empresa irlandesa reduzir os gastos com a importação do produto”, disse ainda o empresário.

Ahmada Jamal informou ainda que dentro de dias assinará um segundo contrato para o fornecimento de farinha de milho que será preparada na fábrica que possui igualmente uma linha de processamento de milho, que consiste na separação do farelo para produção de rações e de farinha de alto padrão de qualidade para fins alimentares incluindo empacotamento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH