Moçambique vai levar a leilão 12 novos blocos para prospecção petrolífera

16 October 2012

O governo de Moçambique vai levar a leilão 12 novos blocos para prospecção petrolífera em meados de 2013, disse o vice-ministro dos Recursos Minerais, Abdul Razak Noormahomed, à agência financeira Reuters.

À margem da conferência sobre energia Petrotech, ocorrida em Nova Deli, Inocência Maculuve, geóloga do Instituto Nacional do Petróleo, adiantou que pelo menos 3 dos 12 blocos a serem levados a leilão situar-se-ão na bacia do Rovuma, região onde os grupos norte-americano Anadarko Petroleum e italiano ENI descobriram até à data 130 biliões de pés cúbicos de gás natural.

O Instituto Nacional do Petróleo (INP) é a autoridade reguladora do sector em Moçambique, gerindo os leilões e a respectiva concessão de blocos para prospecção petrolífera, tendo anunciado o interesse já manifestado por empresas como a ENI, Exxon Mobil, Petromas, Royal Dutch Shell, Tullow Oil, Vitol e Noble Energy.

Ao proceder à análise das propostas apresentadas no decurso do leilão, as autoridades de Moçambique informaram que pretendem atrair empresas que, além de terem a necessária capacidade técnica e financeira, ajudem a desenvolver no país um sector industrial alimentado a gás natural. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH