Cabo Verde com três zonas de jogos de fortuna e azar em três ilhas

21 October 2012

Cabo Verde passou a ter três zonas de jogos de fortuna e azar, distribuídas pelas ilhas de São Vicente, Santiago e Sal, na sequência da aprovação pelo governo do relatório de adjudicação provisória a três operadores pela comissão de avaliação, informou o jornal cabo-verdiano A Semana.

O jornal informou ainda que os contratos de concessão deverão ser assinados nos próximos dias e os casinos podem começar a operar dentro de três meses, embora prossigam as negociações sobre os termos do acordo, cujos contratos administrativos de concessão terão de ser assinados pelo ministro do Turismo, Indústria e Energia, Humberto Brito.

“Os representantes das três propostas vencedoras – Fortim Mindelo (São Vicente), Fortim Mindelo (Santiago) e Casino Macaronésia (Sal) – têm-se reunido com os representantes da Inspecção Geral dos Jogos e com o ministério da tutela para definir os pormenores dos contratos de concessão”, disse uma fonte citada pelo jornal, que acrescentou que após a assinatura os promotores têm um prazo de três meses para porem os casinos a funcionar.

De acordo com o jornal, a montagem do Casino Macaronésia no hotel “Odjo d´ Água”, em Santa Maria, ilha do Sal, é a que parece estar a progredir melhor, representando um investimento de mais de 13 milhões de euros de uma empresa espanhola que já está na ilha do Sal a operar na área dos inertes, a B.B.S Comércio e Indústria SA, gerida por Raul Ordonio Varone e Andrés Arroio.

Os proprietários dos casinos, segundo a página electrónica da Inspecção Geral dos Jogos, deverão envolver-se em projectos de apoio à integração social de crianças, adolescentes e jovens em situação de risco e canalizar canalizar 1% das receitas brutas anuais das zonas de jogo para fomentar actividades turísticas e culturais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH