Governo de Moçambique financia fomento de nova variedade de manga

31 October 2012

O Fundo de Desenvolvimento Agrícola (FDA) está a financiar um programa de fomento de uma nova variedade de manga de elevado valor comercial, uma iniciativa que tem como alvo pequenos e médios agricultores da província de Maputo e Inhambane, sul do país, informou a agência noticiosa moçambicana AIM.

Orçado em cinco milhões de meticais anuais (cerca de 178 mil dólares), este programa visa garantir que os agricultores tenham acesso a mudas de qualidade e de melhor variedade, abastecer o mercado interno e externo com fruta de qualidade e servir ainda como uma fonte alternativa de rendimento para os agricultores.

Iniciado no ano passado, este programa consiste no financiamento dos agricultores de sete distritos da província de Maputo na aquisição de 30 mil mudas de mangueiras da variedade “Tommy Atkins”.

A partir do corrente ano, o projecto passou a abranger a província de Inhambane, devendo expandir-se para outros pontos do país futuramente.

“O FDA entra no programa com a distribuição de mudas aos agricultores a preços subsidiados em cerca de 40%”, disse Dânia Falcão, chefe do Departamento de Florestas do FDA, que acrescentou que este programa poderá futuramente abranger outros frutos, casos do ananás e da papaia.

Proveniente da vizinha África do Sul, a variedade “Tommy Atkins” tem um potencial para produzir cerca de 20 toneladas por hectare, mas nesta fase inicial em Moçambique os técnicos locais preferem fixar a produtividade em 10 toneladas por hectare. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH