Moçambique está a negociar obtenção de fundos para segunda fase da estrada Mocuba/Milange

11 November 2012

A Administração Nacional de Estradas (ANE) de Moçambique está a negociar com os parceiros da cooperação a obtenção de fundos para asfaltar a segunda fase da via Mocuba/Milange, numa extensão de 108 quilómetros, revelou o director-geral da instituição, Cecílio Grachane.

O director-geral da ANE adiantou que as negociações estão bastante avançadas e incluirão a reparação de mais 150 estradas rurais e precisou que esta segunda fase poderá criar um corredor que permitirá que os países do interior do continente possam obter vantagens através de trocas comerciais e do trânsito mais facilitado para o porto de Quelimane.

De momento decorre a primeira fase de reparação da estrada, que consiste na ampliação e colocação de uma camada de asfalto num troço com 86 quilómetros, que é totalmente financiada pela União Europeia com uma doação de 70 milhões de euros.

Esta obra está a enfrentar alguns problemas, nomeadamente a escassez de cimento no mercado moçambicano, longas distâncias percorridas entre a região da execução da obra e a britadeira, demora na compensação das famílias abrangidas pelo projecto, entre outros.

O empreiteiro, a empresa portuguesa Mota-Engil Engenharia e Construções, que deveria entregar a obra em Abril de 2013, apresentou recentemente um pedido no sentido da entrega apenas no final de Julho seguinte. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH