Linhas Aéreas de Moçambique têm frota reforçada com mais dois aviões

18 November 2012

A companhia aérea Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) recebeu sexta-feira dois novos aviões para a sua frota, um Boeing 737-500, com 111 lugares e um Embraer 190 para 93 passageiros, informou a imprensa moçambicana.

Os aparelhos foram adquiridos em regime de locação operacional, em que uma outra companhia aérea os compra para posterior aluguer à transportadora de bandeira de Moçambique, que já adiantou 850 mil dólares para o pagamento das três primeiras prestações mensais.

Com as duas novas aquisições, a LAM passa a ter uma frota com sete aviões, sendo três de marca Embraer 190 da Empresa Brasileira de Aeronáutica, um Boeing 737-500 e três Q 400, da canadiana Bombardier, de acordo com a administradora delegada Marlene Manave.

A administradora acrescentou que em termos práticos a companhia vai passar a usar nove aviões, dois resultantes da parceria com a Moçambique Expresso (Mex).

Dos sete aviões operados exclusivamente pela LAM, apenas dois é que são propriedade da transportadora nacional, sendo os restantes cinco alugados, segundo Marlene Manave, que adiantou que em Outubro de 2013 a empresa vai adquirir mais um Embraer.

Com os dois novos aparelhos, a LAM prevê aumentar a oferta de lugares nos mercados domésticos de elevada procura, tais como Beira, Tete, Nampula e Pemba e ainda elevar as frequências para Dar-es-Salaam e Luanda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH