Moçambique perde receitas de 34 milhões de dólares com pesca ilegal

18 November 2012

O Estado moçambicano perde anualmente 34 milhões de dólares de receitas devido à pesca ilegal, prática que impede o sector de aumentar a sua parcela no Produto Interno Bruto, actualmente em 3%, disse sexta-feira o director nacional de Fiscalização de Pescas.

À margem de uma reunião nacional sobre fiscalização pesqueira, realizada em Quelimane, centro de Moçambique, Manuel Castiano afirmou que cerca de duas mil toneladas de produtos pesqueiros são anualmente retiradas de forma ilegal das águas moçambicanas.

“A pesca ilegal não é só uma preocupação económica, é também social, porque mais de 100 mil moçambicanos dependem directamente da pesca e mais de 530 mil dependem de uma forma indirecta”, declarou Manuel Castiano.

A cooperação intersectorial, incluindo as forças de defesa e segurança, bem como o reforço de meios materiais e humanos no combate à pesca ilegal são as medidas que se impõem na luta contra a pesca, de acordo com o director Nacional de Pescas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH