Governo de Angola apostou na cooperação com a China “no momento certo”

19 November 2012

A “aposta na cooperação com a China ocorreu no momento certo e tem ajudado a transformar Angola num país mais moderno”, disse segunda-feira em Pequim o director do Gabinete de Estudos e Investigação do Ministério das Relações Exteriores de Angola.

No decurso de um colóquio económico organizado pela Embaixada de Angola na China, Francisco José da Cruz salientou que em 2002 Angola precisava de dar passos muito concretos no caminho da reconstrução do país, uma vez terminada a guerra civil.

“O financiamento chinês apareceu no momento certo pois se, num país saído de uma guerra, a população não começa a sentir os dividendos da paz a probabilidade de voltar a cair num conflito são muito grandes”, acrescentou.

A primeira linha de crédito chinesa para Angola, no valor de 2000 milhões de dólares, foi aberta em 2004 e desde então, já terá atingido quase 15 000 milhões de dólares.

“Angola é um país a caminho de um desenvolvimento sustentado”, disse ainda José da Cruz, citado pela agência noticiosa portuguesa Lusa, que acrescentou que os sectores mais atractivos para os investidores estrangeiros são a construção de infra-estruturas, agricultura, serviços e indústrias extractivas, designadamente petróleo e diamantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH