Moçambique lança concurso público internacional de 2 mil milhões de dólares para projecto ferroviário

21 November 2012

O governo de Moçambique vai lançar um concurso público internacional para um projecto ferroviário e portuário no montante de 2 mil milhões de dólares, anunciou quarta-feira em Maputo o presidente da estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.

“O concurso público deverá ser lançado até ao final do ano, terá um valor de 2 mil milhões de dólares e visa resolver problemas logísticos relacionados com a necessidade de aumentar as exportações de carvão”, disse Rosário Mualeia à margem de uma conferência Coaltrans, citado pela agência financeira Reuters.

Este concurso público visa a construção de uma linha de caminho-de-ferro com 525 quilómetros desde a província de Tete até Macuse, na província da Zambézia, e de um porto com capacidade para processar 20 milhões de toneladas de carvão por ano.

Mualeia menciono igualmente que as obras de reconstrução da linha de caminho-de-ferro do Sena, a actual única ligação ferroviária entre Tete e a costa, ficarão prontas até ao final do ano, após o que ficará dotada de uma capacidade para transportar 6,5 milhões de toneladas por ano.

O presidente da Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique salientou que os diversos projectos ferroviários e portuários que irão ser executados terão um custo global de 12 mil milhões de dólares, serão completados num prazo de cinco anos e aumentarão a capacidade exportadora do país para 120 milhões de toneladas de carvão por ano.

Rosário Mualeia anunciou por outro lado a constituição, em 2013, de um operador independente para gerir as diversas linhas de caminho-de-ferro embora o preçário e a política de acesso à rede serão definidos por um entidade reguladora estatal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH