Grupo português Soares da Costa vai construir edifício do Banco Central de São Tomé e Príncipe

26 November 2012

A Sociedade de Construções Soares da Costa, subsidiária do grupo português Soares da Costa, obteve o contrato para a construção do futuro edifício sede do Banco Central de São Tomé e Príncipe, informou o grupo segunda-feira em comunicado ao mercado.

No comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o grupo adianta que a obra adjudicada, com um valor de 6,5 milhões de euros, envolve a construção de um edifício com 4 pisos e uma área de bruta de construção de 4,2 mil metros quadrados.

O grupo adiantou no comunicado que esta obras junta-se a outra também recentemente adjudicada relativa à primeira fase da reparação da estrada nacional nº1 no valor de 5,3 milhões de euros.

No mesmo comunicado, o grupo Soares da Costa informou que o consórcio em Moçambique em que a sua participada detém 50% recebeu a intenção de adjudicação de uma obra na Suazilândia, que consiste na construção de uma estrada, com cerca de 12 quilómetros de extensão, incluindo duas pontes, no valor global de 17,6 milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH