Fundo para o Desenvolvimento Pro-Savana em Moçambique atribui primeiros financiamentos

29 November 2012

O Fundo para a Iniciativa de Desenvolvimento Pro-Savana aprovou o primeiro pacote de financiamento a empresas a operar no sector agrícola no Corredor de Nacala no montante global de 11,5 milhões de meticais (383 mil dólares), informou o jornal Notícias, de Maputo.

De acordo com o jornal, este primeiro pacote abrangeu cinco empresas – Lozane Farms, Ikuru, Orwera Seed Company, Matharia Empreendimentos e Santos Agrícola – cujos investimentos têm impacto directo no acesso de produtores de pequena dimensão a novos mercados e tecnologias.

A iniciativa foi lançada em Setembro passado pelo Ministério da Agricultura e pela Gapi – Sociedade de Investimentos (Gapi – SI)com o apoio da Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA, na sigla em inglês).

Os empréstimos concedidos a estas empresas obedecem a “condições de mercado facilitadas”, pelo que as taxas de juro cobradas pela Gapi-SI serão no máximo de 10,25% sem quaisquer outras comissões.

A parceria entre o Ministério da Agricultura, a JICA e a Gapi-SI tem em vista o desenvolvimento de um modelo de financiamento às cadeias de valor agrícola a fim de induzir benefícios nas comunidades rurais da região do Corredor de Nacala. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH