Grupo China Three Gorges Corp quer aumentar participação no grupo Energias de Portugal

5 December 2012

O grupo China Three Gorges Corp pretende adquirir a participação de 4,14% detida no grupo Energias de Portugal (EDP) pelo Estado português através da Parpública – Participações Públicas, disse quarta-feira em Pequim o presidente executivo do grupo.

“Sim, estamos interessados em comprar mais 4,14% [do capital da EDP], estamos a estudar o assunto e muito em breve apresentaremos a nossa proposta”, disse Cao Guangjing à agência noticiosa portuguesa Lusa.

Cao Guangjing disse também que seguirá para Lisboa no próximo dia 17, para uma viagem de uma semana para “debater o aprofundamento da cooperação” entre a China Three Gorges e a EDP e para a realização de “contactos com responsáveis do governo português”.

O presidente do grupo chinês disse ainda que técnicos dos dois grupos estão a ultimar os estudos sobre o investimento chinês nos parques eólicos da eléctrica portuguesa, que, nos termos do contrato celebrado há um ano, deverá somar 2 mil milhões de dólares.

O presidente da China Three Gorges, o maior accionista da Energias de Portugal, enalteceu as “estreitas relações” do grupo com bancos chineses, afirmando que “no futuro, em Portugal e noutras partes do mundo” a eléctrica portuguesa poderá “obter ajuda financeira”.

Devido à entrada do grupo chinês no capital da EDP, acordada há um ano, “bancos chineses têm agora estreitas relações com a EDP e já criaram um bom relacionamento”, salientou Cao Guangjing, que recordou os dois empréstimos acordados em Agosto entre a EDP e os bancos de Desenvolvimento da China e de da China, no valor de mil milhões de euros e 800 milhões de euros, respectivamente.

Em Dezembro de 2011 o grupo China Three Gorges Corp ganhou um concurso internacional para a compra de 21,35% do capital da EDP, tornando-se o maior accionista da eléctrica portuguesa, tendo pago ao Estado português 2,7 mil milhões de euros, numa das maiores aquisições feitas pela China na Europa no passado recente.

De acordo com a página electrónica do grupo EDP, os direitos de voto das acções detidas pela Parpública são imputáveis ao grupo estatal argelino Société Nationale pour la Recherche, la Production, le Transport, la Transformation et la Commercialisation des Hydrocarbures (Sonatrach), nos termos de um acordo parassocial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH