Governo de Angola vai continuar a promover o desenvolvimento do sector do petróleo e gás

6 December 2012

O governo de Angola continua a promover o desenvolvimento do sector do petróleo e gás por considerá-lo um catalisador para a diversificação da economia, disse quinta-feira em Luanda o ministro angolano dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos.

No decurso do lançamento da revista The Oil & Gas Year, o ministro adiantou que a aposta no sector prende-se também com a vontade de proporcionar melhor qualidade de vida à população, através do maior acesso a formas de utilização de energia moderna, mais acessível e eficiente, disponível em abundância no país.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, o ministro referiu, entretanto, que o governo angolano traçou, como objectivos principais a médio prazo, intensificar as actividades de prospecção, pesquisa de petróleo bruto e gás natural, licitar novas concessões petrolíferas e desenvolver a indústria de gás natural e da petroquímica.

Constam igualmente das metas “o apoio à diversificação da actividade do sector através da fileira do petróleo, a execução das bases estratégicas para a exploração do pré-sal e solução dos problemas conexos e o fomento da dinamização da cadeia de fornecimento de bens e serviços no sector petrolífero, visando o aumento do conteúdo nacional na indústria.”

Segundo ainda o ministro, o governo perspectiva também, dentro da sua carteira de acções direccionadas ao sector do petróleo, aumentar a capacidade de refinação de petróleo bruto com vista à satisfação da procura interna de produtos petrolíferos e contribuir para o aumento da oferta de derivados do petróleo na região e no mundo.

À margem do encontro, Botelho de Vasconcelos informou que o projecto petrolífero PSVM, sigla para os campos Plutão, Saturno, Vénus e Marte, entrou em exploração devendo os primeiros barris extraídos no campo Saturno ser exportados em Janeiro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH