Vale Moçambique iniciou construção de troço de linha de caminho-de-ferro no Malawi

6 December 2012

A Vale Moçambique, subsidiária do grupo brasileiro Vale, procedeu quinta-feira no Malawi ao lançamento da primeira pedra das obras de construção de 136 quilómetros de nova linha de caminho-de-ferro e reparação de 99 quilómetros já existentes, informou o diário Notícias, de Maputo.

Esta fase, que inclui a construção de 45 pontes ferroviárias e três viadutos rodoviários, está orçada em 1,1 mil milhões de dólares e destina-se a transportar carvão extraído na província de Tete até ao porto de águas profundas de Nacala.

Partindo de Moatize, a linha chega à fronteira com o Malawi na região de Cambulatsissi, ruma a nordeste até à localidade de Nkaya Junction, cobrindo 136 quilómetros de linha férrea a ser construída, onde se ligará à linha de caminho-de-ferro sob concessão da Central East Africa Railways, cobrindo mais 99 quilómetros de linha férrea a reparar até Nayuchi/Entrelagos.

As obras desta fase da linha de caminho-de-ferro do Corredor de Nacala no Malawi têm conclusão prevista para 2014.

Em Dezembro de 2011, a Vale assinou com o governo do Malawi o contrato de concessão ferroviária para a construção e operação de parte do Corredor de Nacala, cobrindo 136 quilómetros de linha férrea, entre a fronteira de Moçambique e Malawi até ao troço ferroviário existente no Malawi.

Em Julho de 2012, o consórcio Corredor Logístico Integrado de Nacala (CLIN), formado pela Vale e pela estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique, assinou com o governo de Moçambique os contratos de concessão ferroviário e portuário que preconizam a construção de linhas e ramais ferroviários ligando Moatize a Nampula e de um novo terminal portuário em Nacala-a-Velha, projectos que fazem parte do Corredor de Nacala, do lado de Moçambique.

Os contratos de concessão com os governos do Malawi e com o de Moçambique, para além dos contratos de concessão com Corredor de Desenvolvimento de Nacala e a Central East Africa Railways, possibilitam a construção da linha de caminho-de-ferro e do terminal portuário necessário para o escoamento do carvão da região de Moatize até o porto de Nacala. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH