Angolana Sonangol dá início à construção da refinaria do Lobito

10 December 2012

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) iniciou segunda-feira com o lançamento da primeira pedra as obras de construção da refinaria do Lobito, que irá dispor de uma capacidade de processamento de 200 mil barris de petróleo por dia.

O presidente da empresa, Francisco de Lemos, disse que este investimento da Sonangol representa o princípio do fim de uma longa caminhada que culminará, gradualmente, na redução e eliminação completa das importações de combustíveis e lubrificantes, visando a independência energética do país.

“A partir de hoje, a Sonangol iniciará as diligências necessárias para o lançamento dos concursos que permitirão a adjudicação na base da engenharia de detalhe, que já está concluída, e do valor para a construção de todas as unidades que servirão o empreendimento”, salientou.

A refinaria, que criará 10 mil postos de trabalho directos e indirectos, ainda durante a fase de construção, ficará localizada a cerca de 10 quilómetros da cidade do Lobito e permitirá o abastecimento em derivados do petróleo às províncias do país e aos países vizinhos.

Exigindo um investimento estimado de 8 mil milhões de dólares, a refinaria processará petróleo extraído em Angola produzindo gasolina sem chumbo, gasóleo, combustível de aviação, petróleo iluminante, LPG (gás de petróleo liquefeito) e quantidades limitadas de enxofre. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH