Taxa de inflação em Cabo Verde deverá ser de 2% a 3% este ano

11 December 2012

A taxa de inflação em Cabo Verde deve cair de uma média anual de 4,5% em 2011 para um valor no intervalo de 2% a 3% este ano, de acordo com previsões do banco central do arquipélago contidas no relatório de política monetária relativo a Novembro passado.

Para 2013, o Banco de Cabo Verde antecipa alguma pressão inflacionista, motivada pela recuperação da procura interna, aumento da tributação indirecta e por uma forte procura externa, fazendo com que a taxa média se situe no intervalo de 2,5% a 3,5%.

Esaa pressão inflacionista, diz o documento, deverá ser contrabalançada pela redução dos preços de produtos frescos produzidos internamente, pela moderação salarial e pela trajectória descendente da inflação importada.

O banco central cabo-verdiano informou ainda que a economia do arquipélago, que em 2011 registou um crescimento de 5,1%, deverá este ano e no próximo observar um crescimento no intervalo de 4% a 5%.

As previsões macroeconómicas do BCV indicam ainda uma expansão da procura externa líquida, em resultado da diminuição das importações de mercadorias e do aumento das exportações de bens e serviços relacionados com o turismo, que não será suficiente para compensar a redução da procura interna em 2012.

A desaceleração adicional do ritmo de crescimento do PIB prevista para 2013, pode ler-se no documento, estará associada a um menor contributo da procura externa líquida, numa conjuntura de recuperação moderada da procura interna (impulsionada sobretudo pela aceleração do consumo e investimento público).

As reservas internacionais líquidas deverão situar-se em 271 milhões e 289 milhões de euros este ano e em 2013, respectivamente. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH