Receitas do grupo Agriterra em Moçambique cresceram 115% de Junho a Novembro

12 December 2012

As receitas do grupo agrícola pan-africano Agriterra nas suas actividades em Moçambique cresceram 115% para 11,4 milhões de dólares no semestre terminado em Novembro, informou quarta-feira em comunicado o grupo com sede em Guernsey.

Ao efectuar uma actualização das actividades de criação de gado e de compra de milho, o grupo informou que as operações de abate de gado bovino no matadouro do Chimoio, capital da província de Manica, iniciaram-se dia 3 de Dezembro corrente.

O grupo anunciou igualmente que o matadouro vai continuar a ser expandido a fim de atingir uma capacidade de 4000 cabeças de gado por mês contra as actuais 200.

De acordo com o comunicado, o grupo Agriterra pretende adquirir um terreno de mil hectares contíguo à quinta de reprodução de gado de Mavonde a fim de dispor de pasto para uma manada de 10 mil cabeças de gado.

O grupo Agriterra está cotado no mercado alternativo de investimento da Bolsa de Valores de Londres com operações em quatro produtos – carne de vaca, milho, cacau e óleo de palma – desenvolvidos em Moçambique e na Serra Leoa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH