Primeira fase do aproveitamento hidroeléctrico de Laúca, em Angola, concluída em 2013

13 December 2012

O aproveitamento hidroeléctrico de Laúca, em construção no rio Cuanza, entrará em funcionamento em 2017 com duas centrais e capacidade para fornecer energia eléctrica a 750 mil pessoas, revelou ao Novo Jornal o director do projecto Elias Damião Estevão.

A primeira fase do empreendimento ficará concluída no final de 2013, com a conclusão do desvio do caudal do rio e a consequente construção de dois túneis de escoamento das águas com 740 metros de comprimento cada, empreitada que foi adjudicada à empresa brasileira Odebrecht.

Com uma capacidade de produção prevista de 2067 megawatts de energia, o aproveitamento hidroeléctrico de Laúca servirá para regular o restante caudal do rio Cuanza, no qual está prevista a construção das barragens Caculo-Cabassa, Túmulo do Caçador, Zenza I e Zenza II.

Ainda segundo Damião Estevão, a barragem de Capanda, construída a montante de Laúca, permitirá regular os caudais para este aproveitamento hidroeléctrico em construção.

A barragem de Laúca é o maior projecto hidroeléctrico de Angola, tendo um custo estimado em 3700 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH