Governo de São Tomé e Príncipe pretende privatizar Empresa de Água e Electricidade

2 January 2013

O governo de São Tomé e Príncipe pretende privatizar a Empresa de Água e Electricidade, afirmou o ministro das Obras Públicas, Infra-estruturas Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo Abreu, citado pela agência noticiosa pan-africana Panapress.

No final de uma visita às centrais térmica de Santo Amaro e hidroeléctrica de São Tomé, o ministro adiantou que o governo vai estudar a melhor forma de colocar a empresa na esfera privada.

Osvaldo Abreu não mencionou quais as empresas interessadas no negócio mas salientou que a Empresa de Água e Electricidade necessita de cerca de 40 milhões de dólares em dinheiro fresco.

A petrolífera Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) tem sido um grandes investidores no sector energético de São Tomé e Príncipe que se tem vindo a debater ao longo dos anos com falta de liquidez. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH