Bolsa de Valores de Cabo Verde vai iniciar negociação de títulos da dívida pública

9 January 2013

A Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVC) vai iniciar este ano a negociação de títulos da dívida pública, afirmou o presidente da instituição, Manuel Lima, que antecipa já a possibilidade de emissão de títulos no mercado internacional.

“A negociação foi tornada possível com a ultrapassagem dos constrangimentos tecnológicos que impediam interligação com o sistema de liquidação do banco central, a plataforma financeira de emissão e gestão dos títulos e a aplicação ‘Sifox Back Office’ da bolsa”, disse o presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde.

Citado pelo jornal digital A Semana, Manuel Lima adiantou que será o próprio Tesouro a emitir e gerir os seus títulos, que vão estar custodiados na Bolsa, sendo a liquidação feita pelo banco central.

Para este ano, a BVC vai continuar a investir na formação financeira junto das escolas e universidades, estratégia que deverá ser alargada às empresas a fim de aliciar os seus responsáveis a efectuar os seus negócios financeiros através da bolsa.

Em 2012, a bolsa de valores emitiu as obrigações da empresa Electra (1,202 milhões de contos), da Tecnicil (750 mil contos) e da Empresa de Aeroportos e Segurança Aérea (450 mil contos), sendo que no caso da empresa que gere os aeroportos de Cabo Verde a procura superou em dobro a oferta.

“Fechámos acordo com a NYSE Euronext Lisboa que, entre outros aspectos, permite uma aproximação à União Europeia a nível da emissão de títulos da dívida e de formação”, disse Lima que acrescentou que, através da NYSE, foi iniciada uma parceria com a Interbolsa, uma instituição de custódia e liquidação de títulos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH