Banco de Portugal prevê que economia do país se contraia 1,9% em 2013

15 January 2013

A economia de Portugal registará uma contracção de 1,9% em 2013, informou terça-feira em Lisboa o Banco de Portugal, que reviu em alta a sua anterior previsão de Novembro que apontava para uma contracção de 1,6%.

Esta nova previsão, incluída no Boletim Económico de Inverno, é essencialmente explicada por uma evolução bastante mais fraca das exportações, uma vez que a procura interna deverá manter-se inalterada e que a queda do investimento deverá ser menos acentuada do que anteriormente previsto.

O Banco de Portugal estima que este ano as exportações cresçam 2%, quando nas previsões anteriores apontava para um crescimento de 5%.

Este forte abrandamento das exportações, informa o banco central no documento, deve-se ao facto de se ter materializado o risco de “um crescimento económico mundial menos favorável do que o considerado”, numa altura de particular incerteza sobre a economia da zona euro, em que persistem sinais negativos na conjuntura internacional.

Relativamente a 2014, o banco central português estima um crescimento de 1,3% do Produto Interno Bruto mas diz que o quadro ainda é muito incerto pelo que a previsão para esse ano “deve ser interpretada com particular prudência.” (macauhub)

MACAUHUB FRENCH