Economia de Macau deverá ter crescido 10% em 2012

24 January 2013

A economia de Macau vai este ano crescer a apenas um dígito, depois de 10 trimestres consecutivos de crescimento anual de dois dígitos, afirmou a Autoridade Monetária de Macau (AMCM) no seu relatório “Análise da Estabilidade Monetária e Financeira”.

“A procura externa vai continuar a registar um abrandamento, enquanto a procura interna, equivalente a 40% do valor da procura externa, vai continuar a crescer a um ritmo acelerado”, aponta o relatório, que defende que a região “vai continuar a ter perspectivas positivas”.

Em 2012, a economia de Macau terá crescido cerca de 9%, depois de nos três primeiros trimestres ter ainda conseguido um crescimento de dois dígitos, 10%.

Como principal sector económico, o turismo sofreu também um abrandamento, diz a AMCM, que deverá continuar a registar-se este ano.

“Em resultado dos riscos dos mercados mundiais, as divisas gastas pelos turistas vão continuar a estar expostas aos riscos externos das economias regionais, com um abrandamento das apostas VIP”, pode ler-se no documento.

Dizendo que se a procura externa irá contrair-se o empurrão à economia virá da procura interna, o documento da AMCM menciona os “investimentos públicos de grande dimensão, como o desenvolvimento da ilha Hengqin, o sistema de metropolitano ligeiro e a construção da ponte Zhuhai/Macau/Hong Kong, que vão dar um impulso à formação bruta de capital fixo em 2013, a que é preciso adicionar alguns projectos de construção de infra-estruturas turísticas no Cotai (Coloane/Taipa)”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH