Mais de 600 empresas legalizadas nos últimos vinte meses na Guiné-Bissau

24 January 2013

O Centro de Formalização de Empresas da Guiné-Bissau aprovou a constituição de 644 empresas no período entre Maio de 2011 e Dezembro de 2012, 51 das quais sociedades anónimas e 593 sociedades por quotas, disse o director do centro, Eduardo Pimentel.

De acordo com a Portuguese News Network, daquele total 297 empresas têm capitais guineenses, 187 capitais estrangeiros e as restantes 160 têm capitais mistos.

Apesar deste aumento, o responsável do Centro de Formalização de Empresas reconheceu que nem todas estão em funcionamento devido à situação que a Guiné-Bissau atravessa, sendo que após o golpe de Estado de 12 de Abril de 2012, a actividade económica caiu de forma significativa.

O Centro de Formalização de Empresas tem por missão facilitar o acesso e o exercício de actividades económicas através da simplificação de procedimentos e formalidades, bem como a redução de custos e prazos de execução.

Para além destes aspectos, o Centro de Formalização de Empresas é um interlocutor dos operadores económicos em matérias de construção, registo de empresas e licenciamento de actividades industriais, turísticas e comerciais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH