União Europeia financia recolha e tratamento de lixo em São Tomé e Príncipe

30 January 2013

A União Europeia vai financiar em mais de 600 mil euros um projecto de tratamento de resíduos sólidos e urbanos no distrito de Água Grande, onde se situa a capital do arquipélago de São Tomé e Príncipe, afirmou o presidente da Câmara Municipal.

Água Grande é o distrito mais populoso do arquipélago, com mais de 45 mil habitantes, nele sendo produzidos diariamente cerca de 19 toneladas de resíduos sólidos.

“Este projecto é financiado em 75% pela União Europeia, 5% pela UCCLA (União das Cidades Capitais Luso-Afro-Américo-Asiáticas), 10% pelo Instituto Camões e outros 10% pela Câmara de Água Grande”, afirmou o presidente da câmara, Ekineyde Santos, de acordo com a agência noticiosa portuguesa Lusa.

Garantir as condições de saúde e higiene à população e reduzir a quantidade de lixo que entra diariamente na central de compostagem são as metas do projecto de recolha e tratamento de lixo neste distrito.

Aquisição de meios rolantes e de contentores de 2 mil litros, formação e instrumentação da oficina camarária com equipamentos diversos destinados à recolha de lixo porta-a-porta fazem parte do pacote de financiamento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH