Portos do Norte substitui Corredor de Desenvolvimento do Norte na gestão do porto de Nacala, Moçambique

31 January 2013

O consórcio Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN) vai deixar de gerir o porto de Nacala, na província de Nampula, sendo substituído nessa tarefa pela recém-criada Portos do Norte, de acordo com o jornal moçambicano O País.

O director-geral do CDN, Fernando Couto, revelou que todos os procedimentos burocráticos relacionados com a transferência da gestão do porto de Nacala estão praticamente concluídos e escusou-se a revelar os valores envolvidos na transferência da gestão, tendo dito apenas tratar-se de milhões de dólares.

A empresa Portos do Norte é constituída por capitais moçambicanos, resultantes da união de seis empresas nacionais, em que a estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique é o accionista maioritário.

O afastamento do Corredor de Desenvolvimento do Norte, consórcio controlado maioritariamente por capitais estrangeiros, representa o termo de um período de oito anos em que geriu o porto de Nacala.

Ainda de acordo com o jornal, o CDN passará a actuar no sector ferroviário e na prestação de serviços de assistência e manutenção, casos das operações de reboque e de cabotagem. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH