Brasileira Rio Nave desiste da compra da portuguesa Estaleiros Navais de Viana do Castelo

5 February 2013

A empresa brasileira Rio Nave desistiu do processo de privatização da Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) devido à investigação da Comissão Europeia a eventuais financiamentos ilegais do Estado à empresa portuguesa, informou a imprensa portuguesa.

O grupo russo RSI Trading que, com a desistência da Rio Nave passa a ser o único candidato à compra da ENVC, anunciou segunda-feira que tinha decidido manter por mais um mês a sua proposta vinculativa para a compra dos estaleiros, embora tenha admitido estar a ficar preocupado com a “degradação” da empresa.

A Comissão Europeia está a investigar empréstimos e aumentos de capital à empresa pública da iniciativa do governo português, estando no âmago da investigação a possibilidade de a sua concessão ter apresentado condições tão favoráveis para os estaleiros que nenhuma entidade privada poderia ter oferecido termos semelhantes, o que seria uma violação às leis da União Europeia sobre a concorrência.

De acordo com a imprensa portuguesa, a Rio Nave decidiu “não manter” a sua proposta de aquisição da ENVC face à indefinição da operação, embora o governo português tenha enviado a Bruxelas uma equipa de elementos do Ministério das Finanças e do Ministério da Defesa para manifestar a necessidade de que o processo avance rapidamente.

Controlada pelo grupo Estai, a Rio Nave é uma empresa de construção naval do Rio de Janeiro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH