Linha de caminho-de-ferro de Benguela, em Angola, quase a chegar à RD do Congo

13 February 2013

Cerca de 1070 quilómetros ou 80% da extensão total de 1337 quilómetros da linha de caminho-de-ferro entre o Lobito e Luau estão concluídos, informou quarta-feira o director do Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, Júlio Bango.

À margem da reunião de peritos, que prepara o encontro de ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), cujos países estão ligados ao corredor de desenvolvimento do Lobito (Angola, RDCongo e Zâmbia), Júlio Bango disse que se não fossem os constrangimentos provocados pelas chuvas que se fazem sentir na região leste do país as obras de montagem dos carris, travessas em betão, sinalização e telecomunicações já estariam concluídas.

“Já devíamos ter chegado ao Luau mas tivemos alguns constrangimentos causados pelas chuvas”, afirmou aquele responsável que acrescentou que em breve as obras ficarão concluídas e Angola ficará ligada por caminho-de-ferro à RD Congo.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, Júlio Bango adiantou que as obras de reconstrução do caminho-de-ferro de Benguela já atingiram a cidade do Luena, província fronteiriça do Cuando Cubango, região onde os comboios já operam.

A reconstrução do CFB está a ser feita através de um financiamento do Banco de Exportações e Importações (ExIm) da China.

Angola acolhe quarta-feira e hoje o fórum de peritos e na sexta-feira, dia 15, a reunião ministerial, que conta também com a participação de representantes da União Africana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH