OCDE antecipa recuperação da economia de Portugal

13 February 2013

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) continua a prever que a actividade económica em Portugal venha a recuperar nos próximos meses, assim como na Irlanda e Grécia, mas reviu em baixa as estimativas para a economia espanhola.

O indicador composto da OCDE para Dezembro, que apontam para a tendência de melhoria ou abrandamento da actividade económica num período futuro entre seis a nove meses, revelam uma subida nas perspectivas de melhoria da actividade económica em Portugal pelo nono mês consecutivo.

De acordo com os dados divulgados pela organização, o indicador composto atingiu 99,50 pontos, muito perto da média de longo prazo de 100 pontos.

Entretanto, as exportações portuguesas cresceram 5,8% em 2012 para 45 347 milhões de euros e as importações caíram 5,4% para 56 015 milhões de euros, desagravando o tradicional défice comercial.

No quarto trimestre de 2012, as saídas aumentaram 1% e as entradas diminuíram 3%, face ao período homólogo do ano anterior, evolução que permitiu uma redução do défice da balança comercial no montante de 533,7 milhões de euros.

A taxa de cobertura das importações pelas exportações situou-se em 81,2%, o que corresponde a uma melhoria de 3,2 pontos percentuais face à taxa registada no mesmo período de 2011. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH